RELEXÕES SOBRE ASPECTOS QUALITATIVOS E QUANTITATIVOS NO ENSINO SUPERIOR DE MÚSICA NO BRASIL

Trata-se de uma reflexão sobre os aspectos quantitativos e qualitativos do ensino e aprendizagem da música na vida humana. Com este foco, os aspectos históricos da música com seus usos e funções foram relacionados com a cultura em cada contexto de atuação da atividade humana. A partir dessa construção, buscou-se conectar a temática com a presença da música na história escolar brasileira, seu ensino, aprendizagem e aspectos gerais que conduziram à situação atual da música e sua didática no Brasil.

A TRADIÇÃO NA ESCOLA DO BANDOLIM BRASILEIRO

Contextualizada na cidade do Rio de Janeiro, a partir de 1870, com o nascimento do choro como gênero musical popular, a presente pesquisa tratados aspectos histórico-sociais, técnicos e estéticos que influenciaram a formação e consolidação de uma dita escola “Escola do Bandolim Brasileiro”.Centrada sobre os conceitos de tradição e inovação, a análise parte de conjunto documental reunido a partir de fontes impressas, sonoras e audiovisuais, assim como relatos de músicos bandolinistas.

ASPECTOS ORGANOLÓGICOS DO BANDOLIM NO BRASIL

Trata-se de um estudo sobre a definição e trajetória do bandolim por meio de investigação histórica e organológica de seus instrumentos ancestrais, desde sua origem na Europa e atuação no Brasil, proveniente de Portugal e Espanha. A presente pesquisa trata dos aspectos histórico-sociais, técnicos e estéticos que influenciaram a formação e consolidação da prática do bandolim no Brasil.

Comemoração do dia nacional do choro

DIA 07 Orquestra Matéria Prima Participações especiais: Arthur Philipe, Mozart Ramos e  Naara Santos. Horário: 19h30 DIA 08 Workshop Piano e flauta: Hercules Gomes e Rodrigo Y Castro (SP) Horário: 10h00  DIA 09 Workshop Bandolim: Jorge Cardoso (CE) Horário: 10h00 Duo...